sábado, 7 de julho de 2012

FÁBULAS AFRICANAS





             Por que dizemos que são fábulas e não contos de fadas, lendas ou outro tipo de história qualquer? Por causa do modo como essas histórias são contadas.
            Fábula é um tipo de conto que tem a intenção de dar uma lição, ensinar alguma coisa, dar um exemplo. Muitas vezes, quem conta a fábula quer dar um “puxão de orelha” no ouvinte. Outras vezes, o contador quer ensinar como se deve enfrentar uma situação complicada, como se pode usar a esperteza para sair de dificuldades. E quer fazer com jeitinho, sem ofender. Então, ele conta a história de um personagem que fez uma coisa errada e se deu mal por causa disso, ou que foi esperto e conseguiu “passar a perna” em alguém que queria prejudicá-lo. E assim, com uma história divertida, consegue transmitir sua lição.
            Os personagens mais característicos das fábulas são animais. Qual é o motivo disso? É que, em todas as culturas, os animais são vistos como símbolos de algum tipo de sentimento, característica de personalidade ou caráter. Observando o comportamento de diversos animais, as pessoas foram vendo que eles podiam ter um tipo de comportamento parecido com uma característica humana boa ou má: preguiça, zelo, vaidade, humildade, lealdade, traição etc. No folclore de diversos povos a raposa representa esperteza; o leão, a realeza; a tartaruga, a persistência; a formiga, o trabalho; e assim por diante. Então, quando os antigos contadores de histórias queriam falar de uma pessoa esperta, contavam um caso acontecido com uma raposa; para criticar uma pessoa vaidosa, contavam a história de um pavão.
            Os muitos povos africanos também criaram suas fábulas. E elas tiveram para eles uma importância enorme. Muitos desses povos tiveram, desde muitos séculos atrás, uma cultura sofisticada, rica e complexa; produziam muitos bens, comerciavam com povos distantes e eram conhecidos por manifestações artísticas de alto nível. No entanto, não desenvolveram  uma escrita. Por isso, toda a cultura era transmitida oralmente, de pai para filhos. E as fábulas formavam uma parte muito importante dessa literatura oral.
            Os países das Américas receberam muitas dessas histórias dos africanos que foram trazidos como escravos. Hoje, conhecendo estas fábulas aumentamos nosso conhecimento sobre a cultura da África que, por tanto tempo, ficou esquecida ou foi tratada como um “folclore” sem origem determinada.
            Talvez, quem sabe, as fábulas africanas venham servir para nós, hoje, como serviam aos povos antigos: como forma de educar as crianças, de fazer com que os adultos reflitam mais sobre a sua conduta e até como meio de crítica social.

1-As FÁBULAS são contos que têm um objetivo bem específico. Escreva quais são eles, de acordo com o texto, mas usando as tuas palavras.

2-Os personagens das FÁBULAS geralmente são animais. Por quê?

3-Por que as FÁBULAS eram tão importantes para os povos africanos antigos?

4-Como as FÁBULAS africanas chegaram até nós?

5-Em sua opinião, por que conhecer as FÁBULAS  africanas é importante?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário